Integrantes

Ricardo D’Elia

Vocal, Baixo e Backing Vocals

No início dos anos 2000 até 2006, foi guitarrista da banda Rock Steel, fazendo covers de bandas de Heavy Metal Melódico e um Tributo ao Iron Maiden. Em 2008, tornou-se baixista e backing vocals da Banda Stereo Soup (antigo Goodfellas) a qual começou tocando covers de bandas, em sua maioria de Rock Inglês dos anos 60 e Indie Rock. Logo após esse período, a banda entregou-se ao projeto Autoral, gravando o seu primeiro álbum (All our Friends) que contém 11 músicas, todas de autoria própria, e mais dois clipes gravados. Em 2012, ao lado do guitarrista Jorge Ernesto, Ricardo fundou a banda Sherlock Rock na qual, além de tocar o baixo, é vocalista e frontman. Suas principais influências musicais são provindas do Hard Rock dos anos 80, Heavy Metal tradicional e melódico e Rock N’Roll dos anos 60 e 70. As principais inspirações são: Iron Maiden, Beatles, Led Zepellin, Deep Purple, Bon Jovi, AC/DC, Gun’s Roses, Whitesnake, Van Halen, Aerosmith, Steve Harris, Bruce Dickinson, Paul McCartney, Sting, Geddy Lee e Brian Johnson.

Collins Freitas 

Teclado, Guitarra Base e Backing Vocals 

Multil-instrumentista, iniciou suas atividades musicais em 2003, passando pelas principais casas de shows e bares da cidade de Manaus (AM), onde nasceu, e no Brasil a fora. Participou de vários tributos e especiais de artistas internacionais como Deep Purple, Dio/Rainbow, Black Sabbath, Whitesnake, Aerosmith, Alanis Morrisette e Eric Clapton; e também nacionais como Barão vermelho e Cazuza. Incialmente focado no Hard Rock e clássicos do Rock N’ Roll como tecladista, passou a se dedicar mais ao Blues e, em 2007, juntou-se ao grupo The Dust Road. Collins também já participou de outras bandas amazonenses como Firewall, Hawake, Helllover, Roxie, Aline Massulo Rock Free e Ideologia Rock. Em 2008 foi convidado pela banda Belladona para fazer abertura do show da banda britânica Whitesnake, na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus, onde tocou sucessos como Live and Let Die (Paul McCartney) e Highway Star (Deep Purple). Em 2010, mudou-se para cidade de São Paulo juntamente com banda de trabalho autoral no intuito aumentar sua experiência musical. Atualmente, é tecladista e guitarra base da banda Sherlock Rock, com quem reproduz grandes sucessos do Hard Rock.

Tiago Rocha

Guitarra solo e Backing Vocals 

Paulistano nascido em 1985 interessou-se por música ainda muito jovem. Aos 12 anos ganhou sua primeira guitarra e influenciado por bandas como Iron Maiden, Angra e Helloween, montou uma banda de Heavy Metal aos 15 anos com seus amigos, chamada Dark Heaven. Apresentaram-se em diversos festivais como o Uninove Fest Music, gravando uma faixa no CD dos melhores colocados do festival. Participou da Expo-Music 2004, além de tocar diversos covers no circuito de bares paulistanos. Teve aulas com Anselmo Piraino, Wanderson Bersani e Mozart Mello.É graduado em guitarra Fuison pelo EM&T (escola de música e tecnologia). Foi guitarrista das bandas Last Endeavor (antiga Scarlet Wizard), de 2009 a 2011 e Whitesnake Cover Brasil de 2011 a 2013, tocando com grandes nomes como Mikkey Dee do Motorhead. Também fez parte da banda de Rock variado Macking Out no ano de 2013. Nesse mesmo ano fechou parceria com a Music Maker, uma renomada marca de guitarras e participou da Expo-Music 2013 em seu stand. Atualmente voltou a fazer parte do Whitesnake Cover Brasil,e além de dar aulas de guitarra e violão, trabalha como músico de estúdio.

Otavio Elias

Bateria, Vocal e Backing Vocals 

Em atividade nos palcos desde 2003, participou de diversas bandas dos mais variados estilos, desde Angra, Anthrax, passando por Mr. Big e Skid Row cover. Inspirado por Dave Grohl, Otavio tem um estilo com forte pegada na bateria e sofre influência de bateristas mais técnicos, como Mike Portnoy e Neil Peart e, também, dos mais rápidos, como Aquiles Priester. Sua primeira banda, Hansas (posteriormente com o nome de Arcádia), passou pelos mais importantes palcos da cidade de São Paulo e do interior. Mais tarde, fez parte de dois dos maiores e únicos covers de Cradle Of Filth (Principle Of Evil) e de Dimmu Borgir (Indoctrination), sendo que esta última se transformou na banda de Black Metal, Diaboli Imperium, na qual permaneceu de 2009 a 2013. Juntou-se à Sherlock Rock em agosto de 2013 trazendo o peso da bateria e fechando a formação atual. Além disso, passou a se aventurar nos vocais da banda em algumas músicas. Para desempenhar essa função diferente em sua carreira musical, inspirou-se em nomes como Michael Kiske (ex Helloween), Russel Allen e Steve Perry (Journey). Além disso, Otavio também integra o Choque DB, um projeto em powertrio de Rock N’ Roll nacional e autoral.